Menu

Graciela Itubirde: A mexicana

Autorretrato de Graciela Iturbide

Graciela Itubirde, mexicana nascida na Cidade do México em 1942. Quando criança ela ganhou de seu pai uma câmera Brownie e desde então passou a fotografar o mundo a sua volta.

Em 1969, a jovem mexicana ingressa na Universidade Autônoma do México com a intenção de se tornar uma cineasta, dirigir filmes. Tempo depois Graciela conhece na Universidade, Manuel Álvarez Bravo, fotógrafo modernista que lecionava no centro acadêmico, a partir daí surge o encanto da jovem pela arte da fotografia. Ela foi assistente de Bravo de 70 a 71, viajando todo o país.

Foto: Graciela Iturbide

Contratada para fotografar pelo Arquivo Etnográfico do Instituto Nacional Indígena do México (1978), documentou a população indígena do país em seus retratos. Manteve seu foco no grupo Seri, grupo de pescadores indígenas que vivem no noroeste do país, próximo à fronteira com o estado do Arizona, Estados Unidos, daí surge o projeto “Los que viven en la arena“ publicado em 1981.

Foto: Graciela Iturbide
Foto: Graciela Iturbide

Durante o trabalho com o grupo Seri, foi convidada por Francisco Toledo para ir ao sul do México fotografar Juchitán, em Oxaca. Após quase dez anos de registros o trabalho é publicado em 1989 com o título “Juchitán de las Mujeres“. Em Juchitán, a cultura tradicional é baseada no matriarcado. As mulheres são responsáveis pelas finanças e negócios da família.

Nas décadas seguintes a fotógrafa viajou o mundo, Ásia, África, Europa e América do Norte foram seus destinos. Porém seus trabalhos de maior destaque são os que foram feitos em sua terra natal.

Um dos seus trabalhos recentes ganhou muito destaque no cenário mundial. Graciela teve a oportunidade de fotografar o banheiro de sua compatriota Frida Kahlo, o banheiro da pintora mexicana continha diversos objetos e documentos pessoais, o local estava fechado desde a morte de Frida, em 1954.

Foto: Graciela Iturbide
Foto: Graciela Iturbide

A fotógrafa mexicana expôs individualmente em alguns dos principais centros culturais, Centro Georges-Pompidou, Museu de Arte Moderna de São Francisco, Museu Frida Kahlo entre outros. Também conquistou importantes prêmios no meio, Fundação Eugene Smiths (1987), Hasselblad (2008) e por último em 2015 conquistou o Cornell Capa.

Foto: Graciela Iturbide
Foto: Graciela Iturbide

Conheça outros trabalhos da fotógrafa: http://www.gracielaiturbide.org/

Redigido por João Pedro Argemi – Hub ESPM

10/09/2019

2 comentários em “Graciela Itubirde: A mexicana”

  • Anteriormente seu site tinha um conteúdo de fotografo no Fotopedia muito útil no aprendizado de fotografia e muito consultado, depois dessa nova mudança o conteúdo desapareceu.
    É uma pena que todo aquele conteúdo desapereceu.

    Grato
    Sergio Lourenço

    • Sergio, ainda vamos publicar o conteúdo novamente, sabemos da importância dele! Ficamos feliz em saber que vocês também enxergam esse valor em nossos conteúdos!

  • Publique seu comentário!

    O seu endereço de e-mail não será publicado.