Menu

guerra

Sebastiano Tomada Piccolomini: Da Vogue para o campo de batalha

Sebastiano Tomada Piccolomini é um jovem fotógrafo que se dedica ao fotojornalismo em zonas classificadas por ele como as “as mais voláteis do mundo”, localizadas, principalmente, no Oriente Médio e na Ásia. O início de sua carreira, entretanto, se deu no campo da fotografia de moda. Ao falar sobre as motivações de sua transição, o fotógrafo é honesto: queria sentir na pele a sensação de estar em guerra.

03/11/2017

Continue lendo

Yuri Kozyrev: Emoções no front

Um dos mais importantes fotojornalistas da Rússia, Yuri Kozyrev realiza coberturas há mais de 20 anos. Esteve em conflitos que marcaram a história recente – fotografou desde a queda do Talibã, no Afeganistão, após os atentados de 11 de setembro, até as revoltas da Primavera Árabe. Neste post, resgatamos imagens do trabalho de Yuri no Iraque, cobrindo a queda do regime de Saddam Hussein, em 2003.

08/08/2014

Continue lendo

Bruno Barbey: “Fotografia é a única língua que pode ser entendida em qualquer lugar do mundo”

Nascido no Marrocos em 1941, Bruno Barbey é um fotógrafo prolífico, conhecido por se expressar através de seus livros, projetos autorais, documentais e jornalísticos. Radicado na França, passou a integrar a equipe de fotógrafos da Magnum em 1964, tornando-se um membro pleno em 1968. Sua carreira já soma mais de quatro décadas repletas de viagens pelos cinco continentes, o que inclui inúmeras zonas de conflitos.

19/04/2013

Continue lendo