Menu

Michael Wolf: Tóquio comprimida

Imagem relacionada
Retrato de Michael Wolf

Conhecido por sua trajetória na fotografia arquitetônica, desenvolvida principalmente em Hong Kong, Michael Wolf muda de foco no ensaio Tokyo Compression. Em seus retratos, mostra a compressão literal pela qual passam os usuários do sistema de metrô de Tóquio.

Foto: Michael Wolf
Foto: Michael Wolf
Foto: Michael Wolf

A vida nos subterrâneos é vista nas menores escalas possíveis. Não vemos o todo dos trens e das estações, somos aproximados ao limite, ao nível epidérmico dos fotografados. Mais até do que rostos, há nas imagens de Wolf uma ênfase muito forte no corpo – pele e transpiração são os protagonistas.

Foto: Michael Wolf
Foto: Michael Wolf
Foto: Michael Wolf

O vidro das janelas dos vagões se transforma de certa forma na superfície das fotografias, como se os corpos estivessem sendo espremidos contra a câmera.

Foto: Michael Wolf
Foto: Michael Wolf
Foto: Michael Wolf

Nascido em Munique, Alemanha, Michael Wolf cresceu entre Canadá, Estados Unidos e Europa. Estudou na Universidade de Berkeley, na Califórnia, EUA, e em Essen, Alemanha. Mudou-se para Hong Kong  em 1994, onde trabalhou por oito anos para a revista Stern. Desde 2001 desenvolve trabalhos autorais, tendo trabalhos seus em coleções de importantes instituições, tais como o Metropolitan Museum of Art de Nova York. Já foi premiado pelo World Press Photo em duas ocasiões (2005 e 2010).

Foto: Michael Wolf
Foto: Michael Wolf

Conheça mais sobre o trabalho do fotógrafo: http://photomichaelwolf.com/#

23/02/2016

0 comentários em “Michael Wolf: Tóquio comprimida”

Publique seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado.