Skip to content

27 de janeiro de 2011

Vivian Maier, a mais recente descoberta fotógrafa de rua

Toda a evolução tecnológica traz consequencias positivas e negativas e com a fotografia não poderia ser diferente. Ao longo dos anos as câmeras possibilitaram o surgimento de novos gêneros fotográficos, além de permitir que fotógrafos explorassem melhor seu talento e conseguissem desenvolver um estilo próprio. Consequência dessa evolução, o Street Style surgiu na metade do século XIX, mas se popularizou a partir dos anos 30 com a chegada das câmeras portáteis.

Com elas, fotógrafos como Walker Evans, Henri Cartier-Bresson, Helen Levitt, Robert Frank dentre outros contribuiram na construção do estilo. Mas recentemente o acaso fez com que mais um nome se juntasse àqueles que retratavam com maestria a vida nas ruas das grandes cidades. Em 2007 o corretor de imóveis John Maloof participou de um leilão público de antiguidades. Ele buscava por fotos que poderiam ser úteis para ilustrar um pequeno livro sobre a vizinhança de Portage Park, em Chicago. Por 400 dólares, comprou uma caixa com cerca de 30 mil negativos, mas nenhum deles foi utilizado no livro. Surpreendentemente, o material reunia fotografias do comportamento e do estilo das ruas de Chicago entre as décadas de 50 e 60. Por sorte, um dos negativos trazia uma assinatura, o suficiente para que Maloof pudesse realizar pesquisas na internet e em lojas centenárias de Chicago e assim encontrar o restante do material. A fotógrafa era Vivian Maier, que nasceu em Nova York em 1926, morou na França durante alguns anos e retornou para os Estados Unidos em 1951. Cinco anos depois, ela mudou-se para Chicago onde trabalhou por 40 anos como babá. Nos dias de folga, ela caminhava pelas ruas de Nova York e de Chicago com sua Rolleiflex. O detalhe é que ela não mostrava o trabalho para ninguém, embora sua obra contabilize mais de 100.000 imagens. Vivian faleceu aos 83 anos, sem saber que seu trabalho fora descoberto e sem conhecer muitos de seus retratos. Entre 20.000 e 30.000 negativos ainda estavam nos rolos fotográficos e foram revelados por Maloof. Ele mesmo conta a história toda no site Vivian Maier onde também é possível visualizar algumas fotos do trabalho da fotógrafa.Quem estiver no Estados Unidos, poderá visitar a exposição “Finding Vivian Maier: Chicago Street Photographer” que estará no Chicago Cultural Center até abril.

Auto Retrato, Vivian Maier

Vivian Maier

Vivian Maier

Vivian Maier

Read more from Sem categoria

Share your thoughts, post a comment.

(required)
(required)

Note: HTML is allowed. Your email address will never be published.

Subscribe to comments