Skip to content

4 de maio de 2018

Steve McCurry e a busca pelo sublime

Retrato de Steve Mccurry.

“Busco o momento de descuido, quando a alma aflora, quando se registra a experiência gravada no rosto de uma pessoa. Trato de transmitir o que supõe ser essa pessoa, uma pessoa aprisionada em uma paisagem mais ampla, que poderíamos chamar a condição humana”
Steve McCurry

Foto: Steve McCurry.

Foto: Steve McCurry.

Um dos principais nomes da fotografia contemporânea, Steve McCurry já foi pauta do blog por diversas vezes. Em uma dessas postagens, mostramos alguns dos mais emblemáticos retratos do autor da mais famosa capa da National Geographic. Na coleção de imagens contempladas nesse post, entretanto, voltamo-nos a alguns registros do continente asiático, um de seus assuntos prediletos. É de países como India – que o fotógrafo visitou nada menos que 75 vezes -, Sri Lanka, Miamar e Nepal que se originam todos eles.

Foto: Steve McCurry.

Foto: Steve McCurry.

Mesmo após quase 100 visitas à Índia, McCurry afirma sentir que apenas “arranhou a superfície” e permanece sua busca por boas histórias – muitas delas chegam de forma surpreendente. Um exemplo é a emblemática imagem de uma pedinte com um bebê no colo feita no trânsito, pela janela, em 1994. O fotógrafo relembra seu desconforto ao clicar, do conforto do carro alugado, ambos encharcados sob a chuva.

Foto: Steve McCurry.

Foto: Steve McCurry.

Se durante os anos 1990, trabalhando para a National Geographic, focou-se nas belezas do Sri Lanka e em suas contínuas tensões étnicas, nos anos 2000, procurou dar às imagens um viés diferente. Após a devastação do Tsunami de 2004, surpreendeu-se com a forma como a tragédia aproximou as pessoas em sua determinação de reconstruir o país destruído. E essa energia que transparece nas fotografias que fez da ilha nos últimos anos.

Foto: Steve McCurry.

Foto: Steve McCurry.

Em 1994, quando a demanda por roupas baratas no Ocidente já era insaciável, McCurry retratou uma gigante fábrica na Birmânia, com sua assustadora demanda de trabalho. A imagem materializa a sensação do fotógrafo de que as costureiras faziam parte de uma imensa máquina, acentuada pelas camisas cor-de-rosa que eram obrigadas a vestir.

Foto: Steve McCurry.

Foto: Steve McCurry.

Para a foto de um menino correndo em Jodhpur, na Índia, McCurry conta que ficou encantado com a luz de uma ruela ao entardecer, repleta de cores e tons de azul. Parou por ali e começou a clicar as pessoas passando, esperando pelo momento perfeito. Sua foto predileta foi a do menino pelo fato de que, em suas palavras, ele está “voando”: tem os dois pés acima do chão.

Foto: Steve McCurry.

Foto: Steve McCurry.

Share your thoughts, post a comment.

(required)
(required)

Note: HTML is allowed. Your email address will never be published.

Subscribe to comments