Skip to content

16 de janeiro de 2012

1

Os novos ciganos britânicos, por Iain McKell

Há dez anos o inglês Iain McKell fotografa o estilo de vida de ciganos. Sem relação genética com os povos ciganos originais, os grupos que documenta são nômades por opção, e não por herança. Seu estilo de vida é marcado por ideais de liberdade, natureza e simplicidade. Em 2009, McKell tornou-se conhecido ao fotografar a modelo Kate Moss em meio a uma dessas comunidades para um editorial de moda da V Magazine.

Foto: Iain McKelly

Foto: Iain McKelly

Foto: Iain McKelly

Foto: Iain McKelly

Em 1986, grupos pós-punk contrários as políticas propostas por Margareth Tacher, símbolo do neoliberalismo, saíram de Londres e rumaram para o interior inglês. Iain seguiu esta nova geração de viajantes, assistindo sua transformação em uma tribo hibrida de anarquistas rurais. Nos últimos dez anos, documentou a vida de pessoas de todas as idades, alguns solitários, outros, membros de famílias completas. O estilo de vestir e a estética dos acampamentos são retratados por McKell sob uma romântica palheta de cores.

Foto: Iain McKelly

Foto: Iain McKelly

Foto: Iain McKelly

Foto: Iain McKelly

É como “descaradamente românticos”, também, que ele define seus retratos: “Meu interesse é em seus rostos, suas almas, suas histórias. Eu queria capturá-los mostrando carinho e afeto”, explica. Uma das motivações de seu trabalho foi ajudar essas comunidades a enfrentar o preconceito, algo que está na rotina de seus deslocamentos. “Quero abrir a mente das pessoas. Elas estão sempre com medo do que não entendem”.

O resultado dessa década de trabalho está no livro The New Gypsies (2011) e foi exposto na galeria Clic, em Nova Iorque.

1 Comment Post a comment
  1. Em Ritmo 0, Abramovic ficou em silêncio durante seis horas, numa galeria, ao lado de uma mesa com 72 objetos variados.

    Responder

Share your thoughts, post a comment.

(required)
(required)

Note: HTML is allowed. Your email address will never be published.

Subscribe to comments