Skip to content

16 de setembro de 2016

Hanne Van der Woude: o gene ruivo e a paisagem holandesa

 

 

Embora os tons avermelhados sejam os que chamam mais atenção nas imagens da série MC1R – Natuurlijk rood haar [MC1R – cabelo ruivo natural], foram as cores da paisagem nos arredores de Nijmegen (localidade próxima da fronteira da Holanda com a Alemanha) que nortearam o desenvolvimento do ensaio da fotógrafa Hanne Van der Woude.

 

 

 

 

À beira do rio Waal, Hanne refletiu sobre como tornar o verde das árvores ainda mais verde. Veio à tona em seus pensamento a complementaridade das cores e, consequentemente, o efeito que o vermelho provocaria nas imagens – mais especificamente a tonalidade capilar dos ruivos.

 

 

 

 

A fotógrafa então partiu em busca de modelos para compor as imagens – uma busca que começou em escolas primárias e se estendeu à abordagem de pessoas nas ruas. O apelo das cores somou-se a uma notícia sobre a possível “extinção” das pessoas de cabelo ruivo, cujo gene definidor dessa característica estaria se tornando menos frequente.

 

 

 

 

Nascida em 1982, em Nijmegen (Holanda), Hanne Van der Woude estudou na Artez Academy of Arts e desde 2004 participa de exposições individuais e coletivas na Europa e na Ásia. Em seus ensaios, a fotógrafa traz referências da tradição da pintura francesa. O livro da série MC1R reúne fotos de 150 pessoas ruivas em paisagens holandesas.

Comments are closed.