Skip to content

16 de outubro de 2015

Onde dormem as crianças, de James Mollison

 

 

Esta semana vimos o trabalho da fotógrafa Jana Romanova, que retrata jovens casais russos, dormindo em suas camas, à espera do nascimento de seus filhos. No post de hoje, apresentamos um trabalho que também lança um olhar a ambientes de intimidade – dessa vez, quartos de crianças dos mais diversos estratos e origens sociais, fotografados por James Mollison no ensaio Where Children Sleep [Onde dormem as crianças].

 

 

 

 

Com apoio da entidade italiana Save the Children, Mollison visitou Estados Unidos, México, Brasil, Inglaterra, Itália, Israel, Faixa de Gaza, Quênia, Senegal, Lesoto, Nepal, China e Índia. Retratou mais de 200 crianças e seus quartos – cada par de imagem acompanhado de alguma informação a respeito do contexto dos fotografados (da mãe japonesa que gasta mil dólares por mês em vestidos para a filha à rotina dos menos privilegiados, que trabalham no campo e em minas).

 

 

 

 

Somados aos rostos, os ambientes são extremamente reveladores dos contrastes e semelhanças entre as condições de vida das crianças. Chamam a atenção para sonhos e necessidades, materializados por objetos e pela própria estrutura física dos espaços. Assim como o ensaio de Romanova nos traz a potência do que está por vir nas gestações, a tipologia de Mollison também fala de um devir em formação nos pequenos recantos da infância.

 

 

 

 

Nascido no Quênia em 1973, James Mollison cresceu na Inglaterra. Estudou Arte e Design na Oxford Brookes University e filme e fotografia na Newport School of Art and Design. Já teve suas imagens publicadas nas principais revistas internacionais – The New York Times Magazine, The Guardian Magazine, GQ, The Paris Review – e realizou exposições individuais em importantes instituições europeias, como o Museu de História Natural de Londres.

 

Comments are closed.