Skip to content

28 de janeiro de 2015

O olhar pictorialista de Kerik Kouklis

 

 

Com formação em música e geologia, Kerik Kouklis concebe imagens com uma forte influência pictorialista, que remetem a certas abordagens da fotografia entre o século 19 e início do século 20. E não somente em termos de linguagem: Kouklis é renomado pelo trabalho com processos analógicos daquela época e pelo uso de câmeras de grande formato. No post de hoje, trazemos algumas imagens produzidas pelo fotógrafo.

 

 

 

Uma atmosfera invernal perpasse muitas das fotografias de Kouklis. A presença humana é quase nula – uma mesa de piquenique vazia, um deque aparentemente abandonado –, reforçando a atmosfera melancólica das imagens.

 

 

 

As árvores se tornam elementos fundamentais, revelam-se de forma arquetípica, o que contribui para o caráter atemporal das fotografias. Da mesma forma que se situam de maneira imprecisa no tempo, tampouco trazem indícios de uma localização geográfica específica.

 

 

 

Nascido na Califórnia, Kerik Kouklis fotografa desde 1989, após uma longa carreira como geólogo. Desde o final dos anos 1990, seu trabalho passou a ganhar mais visibilidade, passando a integrar coleções privadas e de instituições como Museum of Fine Arts de Houston, Denver Art Museum e Hoyt Institute of Fine Arts (Pensilvânia, EUA). Além das exposições, realiza oficinas sobre processos analógicos de captura e revelação.

 

 

Share your thoughts, post a comment.

(required)
(required)

Note: HTML is allowed. Your email address will never be published.

Subscribe to comments