Skip to content

4 de fevereiro de 2015

O culto a Father Divine, por Kristin Bedford

 


 
“Imagem perfeita” é o nome de uma série da fotógrafa norte-americana Kristin Bedford. Não se trata, no entanto, de uma busca obstinada pelo instante decisivo. O conceito que ela utiliza vem das pregações de Father Divine [Pai Divino], religioso de origem africana, falecido em 1965, que vislumbrava uma “perfect picture” de paz e igualdade racial. No post de hoje vemos algumas imagens desse ensaio, obtidas por Kristin durante um período de cinco semanas com os remanescentes da comunidade utópica liderada por Divine.
 

 

 

Kristin conviveu com a viúva Mother Divine (que não podia ser fotografada) e 18 discípulos do culto, em uma propriedade próxima da Filadélfia, no estado de Pensilvânia. As palavras de Father Divine tiveram força especialmente na Grande Depressão, no Harlem, em Nova York, com uma postura radical para a época: Divine não só defendia a integração racial como também oferecia banquetes para os pobres, num período de escassez de alimentos.

 

 

 

“Eles passam os dias se preparando para o banquete da Comunhão Sagrada”, conta a fotógrafa ao The New York Times. “Plantam seus alimentos, assam o próprio pão, lavam a louça. Cada dia é preenchido com ações para a refeição”, completa. Ao longo do projeto, Kristin trabalhou na organização dos arquivos que contam a história de Father Divine, localizado na mansão que abriga seus seguidores contemporâneos.

 

 

 

Nascida em Washington e vivendo atualmente em Los Angeles, Kristin Bedford possui bacharelado em Religião pela George Washington University, com ênfase em tradições religiosas norte-americanas, e um mestrado em artes experimentais e documentais pela Duke University. Foi influenciada pelo livro “Black Gods of the Metropolis: Negro Cults of the Urban North”, de Arthur Fauset, que abordou questões religiosas em comunidades afro-americanas.

 

 

Share your thoughts, post a comment.

(required)
(required)

Note: HTML is allowed. Your email address will never be published.

Subscribe to comments