Skip to content

30 de setembro de 2013

Ken Kitano: retratos de uma face coletiva

Retrato de Ken Kitano

Nascido em 1968, em Tóquio, Ken Kitano é um fotógrafo japonês cujo trabalho se caracteriza pelas longas exposições e pela sobreposição de fotografias para criar uma nova imagem. É um de seus principais projetos que mostramos neste post: Our Face, uma coletânea de retratos desenvolvida a partir de 1999.

Foto: Ken Kitano

Foto: Ken Kitano

Para fazê-la, Kitano viajou pelo Japão fazendo retratos de membros de diversos grupos sociais. Passou anos visitando comunidades, festivais, escolas, lares, quadras esportivas – conhecendo pessoas, ouvindo suas histórias e tirando seus retratos. Assim, sua obra contempla um grupo eclético: meninas em Harajuko, o tradicional bairro alternativo de Tóquio, trabalhadores de escritório, fazendeiros, etc. Para cada uma das fotos, tirou dezenas de imagens que sobrepôs posteriormente em um mesmo frame. Quanto maior o número de cliques mesclados, menos definidos se tornam os traços de cada um e mais suas faixas etárias e expressões se tornam ambíguas.

Foto: Ken Kitano

Foto: Ken Kitano

Para o fotógrafo, os contornos do indivíduo se confundem, mas expressam, de certa forma, o “tempo e a luz”, únicos para cada grupo em especial de acordo com sua origem e seu cenário. Em suas palavras, sua obra deve ser pensada como um grande círculo de imagens, sem centro. “O projeto pretende unir pessoas de diferentes grupos horizontalmente, sem levar em conta hierarquia ou importância, como se cada um fosse parte de uma cadeia contínua”.

Foto: Ken Kitano

Foto: Ken Kitano

O projeto foi lançado em livro em 2005 e, embora tenha começado na Ásia, deve cobrir o continente americano, a Europa e a África no futuro. Como Kitano define, mais pessoas devem ser incluídas neste grande círculo.

Foto: Ken Kitano

Foto: Ken Kitano

Comments are closed.