Skip to content

29 de novembro de 2013

Mitch Dobrowner e a fotografia como tributo ao planeta

Retrato de Mitch Dobrowner

Mitch Dobrowner afirma ter a missão de criar imagens que ajudem a transmitir a forma como vê nosso planeta. Por mais contraditório que possa parecer, é tão bem sucedido em seu objetivo que muitas vezes nem parece ser a Terra o cenário de suas obras. As superfícies planas, retratadas literalmente sem pressa, posto que são fruto de horas de exposição, parecem fazer parte de outros mundos, desconhecidos e inexplorados.

Foto: Mitch Dobrowner

Foto: Mitch Dobrowner

Nova-iorquino, nascido em 1956, ele conta que ganhou sua primeira câmera de seu pai, quando passava por um período perdido típico do final da adolescência. O pequeno gesto deu a ele um rumo e um vício: após entrar em contato com a obra de Minor White e Ansel Adams, apaixonou-se por fotografia. Deixou sua casa, seu emprego e seus amigos aos 21 anos com o objetivo de ver o Sudeste dos Estados Unidos tão presente na obra de Adams com seus próprios olhos.

Foto: Mitch Dobrowner

Foto: Mitch Dobrowner

Na Califórnia, conheceu sua esposa, com quem formou um estúdio de design. O trabalho e a família se tornaram uma prioridade, e Doborowner só voltou a se dedicar à fotografia em 2005, inspirado por seus três filhos, seus amigos e sua companheira. Todas as fotos presentes no compilado deste post foram feitas entre 2005 e 2013.

Foto: Mitch Dobrowner

Foto: Mitch Dobrowner

Ao explicar sua metodologia de trabalho, o fotografo relembra o que, de fato, são paisagens: ecossistemas que já existiam bem antes de nós, e que estarão presentes, com sorte, quando nossa passagem terminar. “Quando tiro fotos, o tempo e o espaço me parecem difíceis de mensurar. Sempre que faço uma imagem de qualidade, eu sei. São nesses momentos que as coisas são tranquilas, parecem simples novamente – e eu obtenho um respeito e reverência pelo mundo que são difíceis de transmitir em palavras. Espero que as imagens ajudem a comunicar o que sinto e o que vejo nesses momentos”.

Foto: Mitch Dobrowner

Foto: Mitch Dobrowner

O trabalho de Mitch já foi exposto em diversos países e está no acervo de galerias em cidades como Santa Fé, Houston, Seattle, Los Angeles, Boston e Paris.

Comments are closed.