Skip to content

21 de fevereiro de 2014

Maurizio Pignotti, um fotógrafo obcecado pelo céu

Retrato de Maurizio Pignotti

Maurizio Pignotti se define como um fotógrafo de paisagens apaixonado pela noite. Nascido e residente na Itália, mais precisamente em Civitanova Marche, busca ver as paisagens naturais com um olhar diferente do habitual, fundido sua visão artística das coisas com os contornos da realidade, sempre em movimento. Na tentativa de criar uma alquimia entre sua câmera e o mundo que o rodeia, faz registros que traduzem sua visão particular da noite e seus mistérios.

Foto: Maurizio Pignotti

Foto: Maurizio Pignotti

Foto: Maurizio Pignotti

Aos 46 anos, Pignotti passa a maioria de suas noites ao ar livre, sob temperaturas congelantes e, algumas vezes, tentando escapar de lobos. Ainda que os parques e reservas italianos sejam os favoritos, muitas de suas fotos de céus noturnos foram feitas no Canadá, sempre com lentes grande angulares. O tempo de exposição vai de 20 segundos a  duas horas, de acordo com o próprio.

Foto: Maurizio Pignotti

Foto: Maurizio Pignotti

Foto: Maurizio Pignotti

Pignotti afirma ser apaixonado pelo universo e os mistérios da noite. “Quando criança, era um grande fã de astronomia, e fiz minhas primeiras fotos com um telescópio newtoniano”, relembra. Para ele, suas  longas jornadas observando e registrando o movimento as estrelas são como uma fuga terapêutica do mundo real, e as imagens que cria são frutos de uma sucessão de experiências repletas de falhas. Com a prática, desenvolveu uma técnica própria que o dá cada vez mais liberdade para criar.

Foto: Maurizio Pignotti

Foto: Maurizio Pignotti

Comments are closed.