Skip to content

9 de outubro de 2015

Frank Herfort: tempo e formas arquitetônicas

 

 

Viajando por localidades da antiga União Soviética, o fotógrafo alemão Frank Herfort encontrou na arquitetura manifestações das mudanças ocorridas ao longo das décadas posteriores ao colapso soviético. Paisagens urbanas com matizes surreais ganham evidência – é tamanho o contraste de elementos que as fotos parecem ter sido manipuladas.

 

 

 

 

No entanto, trata-se apenas de um choque de formas arquitetônicas – aquelas que restaram dos anos de comunismo em contraponto a estilos ocidentais que ganharam espaço a partir da década de 1990. Os enquadramentos ressaltam esse embate, ao mesmo tempo que mostram cenas do cotidiano ao redor das construções. A soma desses elementos dá a impressão de um tempo em suspensão formado por distintas camadas temporais sobrepostas. Daí resultam paisagens que parecem saídas de um filme de ficção científica.

 

 

 

 

“Às vezes esses prédios parecem espaçonaves coloridas que aterrissaram no meio do nada. Esse estilo e os momentos visuais dessas construções me fascinaram desde o início. Na verdade, não me interesso tanto pela arquitetura, e sim pela aparência arquitetônica dentro de uma determinada paisagem. Depois de descobrir e fotografar muitos desses prédios, somente para ver como ficava, me dei conta de que havia muito mais”, conta o fotógrafo.

 

 

 

Comments are closed.