Skip to content

12 de março de 2012

Brian Duffy: o fotógrafo dos anos 1960

Brian Duffy Portrait.

Nascido em Londres, Brian Duffy (1933 – 2010) foi um fotógrafo de moda responsável por retratar a cena londrina e alguns de seus mais icônicos personagens nos anos 1960 e 1970. Entre seus trabalhos mais famosos está a capa do álbum Aladdin Sane, de David Bowie.

Aladdin Sane, 1973. Foto: Brian Duffy.

Filho de irlandeses, Duffy estudou na St. Martins School of Art. Primeiro pintura, depois, design de vestidos. Após a graduação, começou a trabalhar na área e se mudou para Paris. Trabalhou como freelancer para publicações como a Harpers Bazaar até ver, na mesa de um diretor de arte, um papel com contatos no mundo fotográfico. Isso o despertou interesse em trabalhar com fotografia. Começou na Cosmopolitan Artists e, logo depois, tornou-se assistente do fotógrafo Adrian Flowers. Não demorou muito para clicar e publicar suas próprias imagens.

John Lennon, 1965(e) e Jean Shrimpton, 1963(d). Fotos: Brian Duffy.

Joanna Lumley & Jamie, 1968(e) e Sammy Davis Jr & May Britt, 1960(d). Fotos: Brian Duffy.

Em 1957, foi contratado pela Vogue Britânica, onde ficou até 1963 e trabalhou com diversas top models, incluindo Paulene Stone e Jean Shrimpton. Durante suas três décadas de atuação, 1950, 1960 e 1970, produziu um número extraordinário de imagens de diferentes gêneros, entre anúncios, retratos e reportagens. Ele foi um dos poucos fotógrafos a clicar dois calendários Pirelli, um em 1965 e outro em 1973, e teve um imenso sucesso comercial em suas campanhas para marcas como Benson & Hedges e Smirnoff. Além da Vogue, trabalhou para publicações como Esquire, Town Magazine, The Observer, The Times e Elle.

Vogue, 1961. Foto: Brian Duffy.

Vogue, 1962(e) e Town Magazine, 1964(d). Fotos: Brian Duffy.

Suas imagens poderosas traduziram a efervescência artística e as importantes mudanças comportamentais ocorridas nos anos 1960, em especial em Londres — ponto estratégico dentro desse novo cenário, ao lado de Nova Iorque. Duffy foi um dos principais responsáveis por eternizar a “Swinging London”, termo usado para designar a cena cultural que floresceu na capital inglesa.

Kids on King Henry's Road, 1962(e) e Love, 1968(d). Fotos: Brian Duffy.

Reggie Kray & Grandfather, 1964. Foto: Brian Duffy.

Ao lado de David Bailey e Terence Donovan, Duffy é reconhecido como um dos responsáveis por uma inovação batizada de “documentary fashion photography” (algo como fotografia de moda documental ou documentada). O estilo revolucionou tanto as produções imagéticas referentes ao tema quanto a indústria da moda. Suas produções eram tão influentes que em 1962 o jornal Sunday Times apelidou os três de “Terrible Trio” (mais tarde, o fotógrafo Norman Parkinson os daria outra alcunha, “The Black Trinity”).

Vogue,1960(e) e Vogue, 1962(d). Fotos: Brian Duffy.

Elle. Fotos: Brian Duffy.

Em 1979, Duffy rompeu com a fotografia e queimou parte de seu arquivo. Seu filho o convenceu a deixar a aposentadoria de lado em 2009 para clicar alguns dos famosos que ele havia fotografado ao longo de sua carreira.

Share your thoughts, post a comment.

(required)
(required)

Note: HTML is allowed. Your email address will never be published.

Subscribe to comments