Skip to content

15 de março de 2016

Adam Jeppesen: fragmentos e contemplação

 

 

Uma atmosfera onírica perpassa as imagens do fotógrafo dinamarquês Adam Jeppesen. Fragmentos do cotidiano ganham evidência, em situações nas quais o tempo parece estar suspenso. Revela-se muito pouco sobre a localização geográfica das fotos – parte delas obtida ao longo de meses de imersão nas florestas finlandesas.

 

 

 

 

Com um olhar particular em direção a paisagens e objetos, Jeppesen dedica atenção especial a certa luz que remete aos limites entre o dia e a noite, como se estivéssemos diante de amanheceres e crepúsculos. Nada de cenas espetaculares, no entanto. É a contemplação de situações desimportantes que marca as fotografias. Sobra espaço para a imaginação do espectador se relacionar com cada fragmento.

 

 

 

 

Nascido em 1978, na cidade de Kalundborg, Dinamarca, Adam Jeppesen vive e trabalha em Buenos Aires. Graduou-se em 2002 na escola de fotografia Fatamorgana, em Copenhague, e já participou de diversas exposições na Europa e nos Estados Unidos.

 

 

 

 

Comments are closed.