Skip to content

4 de outubro de 2016

Vale, de Robert Darch

 

 

Com uma atenção dedicada às sutilezas do seu entorno, o fotógrafo britânico Robert Darch apresenta Vale, série em que reflete sobre o verão – em suas palavras, o ponto culminante da vida que ressurge na primavera, momento em que novamente se atinge um estado de aparente pausa nos ciclos da natureza. A estação mais quente do ano, na visão do fotógrafo, propicia a contemplação e uma reflexão a respeito de um evento marcante de sua vida.

 

 

 

 

“O calor do verão é temperado por uma melancolia interna. A narrativa poética é uma resposta direta às emoções e aos pensamentos e sentimentos cultivados no período de isolamento que experimentei”, conta o fotógrafo. Ele se refere a um derrame que teve em 2001, aos 22 anos, cuja recuperação total lhe custou em torno de 10 anos.

 

 

 

 

“Nesse período, não queria ligar a câmera e me dar conta de minha situação. Preferi me perder em construções ficcionais da minha mente. O mundo que eu conhecia havia mudado. Tornou-se menor e mais definido, com frequência desprovido de espiritualidade. O isolamento crescente, exceto pelo contato com minha família, levou-me a uma fuga na irrealidade dos mundos fictícios do cinema e da televisão”, relembra Darch.

 

 

 

 

Independentemente do relato biográfico, as imagens de Vale de fato revelam um olhar para a passagem do tempo, seja observando a desimportância de certos cenários, a incidência da luz ou as trilhas que se abrem em seu caminho. Ao mesmo tempo que celebra certo apogeu do verão, também deixa ver a iminência da morte e de novos ciclos que, de forma discreta, se anunciam.

 

 

 

 

Robert Darch tem mestrado em fotografia pela Universidade de Plymouth (Inglaterra). Vive no sudoeste da Inglaterra atuando como fotógrafo, educador e curador. Seu interesse principal é pela experiência do espaço e pelas narrativas que se constroem nessa relação. Ao lado de sua companheira, Jessica Lennan, gerencia a galeria Dodo Photo na cidade inglesa de Exeter. Desde 2013 participa de exposições coletivas e individuais na Europa e em países como China e Austrália.

 

 

 

Comments are closed.