Skip to content

23 de agosto de 2016

Christian Houge: o homem, o lobo e a sombra

 

 

Os limites entre natureza e cultura são abordados pelo norueguês Christian Houge na série Shadow Within [Sombra interior]. “Busco explorar profundamente na psique do espectador o que ele pode aprender de seus lados sombrios e seu instinto animal – medo, agressividade, hierarquia, sexualidade e solidão, para citar alguns aspectos”, reflete o fotógrafo.

 

 

 

 

Houge conta que, no convívio com os lobos, descobriu indivíduos de distintas personalidades, as quais, na sua visão, guardam muita semelhança em relação aos seres humanos. “Como os lobos, nós temos estruturas sociais robustas e baseamos muito de nossas vidas no medo. Além disso, a linguagem corporal tende a se sobrepor em relação a falada”, exemplifica.

 

 

 

 

Para realizar a série, Houge precisou conquistar a confiança dos lobos – apenas uma parte da imersão do fotógrafo no contexto de vida dos animais. Ele também realizou cursos de linguística para entender melhor a comunicação entre e com os animais. “Tive que buscar dentro de mim e de minhas sombras para que essa série pudesse acontecer”, completa o fotógrafo.

 

 

 

 

Nascido em 1972, em Oslo, Noruega, Christian Houge explora as relações entre natureza e cultura de diversas formas. Desde 1997, apresenta seus trabalhos em exposições coletivas e individuais pela Europa.

Comments are closed.