Skip to content

18 de abril de 2017

Jakob Schnetz: o universo absurdo das grandes feiras de negócios

 

Todo ano são realizadas em torno de 170 feiras nacionais de negócios na Alemanha, das quais participam cerca de 175 mil expositores que atraem milhões de pessoas das áreas mais variadas. De armas a animais de estimação, passando por artigos de luxo e beleza e chegando a inovações tecnológicas, todos esses itens são produtos que movimentam bilhões de euros somente na Alemanha. Esse universo é o foco do fotógrafo Jakob Schnetz na série Trade Fair [Feira de negócios].

 

 

 

O fotógrafo visitou feiras em cidades como Hannover, Berlim e Dusseldorf, no período de 2012 a 2014, com um olhar voltado a instantes que nos mostram algo em comum entre os eventos. Um certo clima absurdo que perpassa os espaços e que acaba fazendo com que todas as feiras se pareçam em alguma medida – e de fato, Schnetz não parece se interessar tanto pelo que está sendo negociado, e sim no entorno dos estandes.

 

 

 

As imagens por vezes apresentam um mundo que parece saído de um filme de ficção científica. Em outras, o que vemos é o humor do fotógrafo revelando detalhes que botam em xeque a racionalidade e assepsia dos locais onde são realizadas as feiras. Como se Schnetz insistisse em mostrar o que há de humano por trás de números e cifras. Um teatro que desaparece junto com os produtos expostos tão logo se encerram os eventos.

 

 

 

Nascido em 1991 em Freiburg, Alemanha, Jakob Schnetz estudou jornalismo na Universidade de Artes Aplicadas e Ciências de Hannover e em Tomsk, na Sibéria. Colabora com diversos jornais e revistas alemães e já ganhou prêmios como o German Youth Photo Prize com a série Trade Fair.

 

 

Read more from Fotojornalismo

Share your thoughts, post a comment.

(required)
(required)

Note: HTML is allowed. Your email address will never be published.

Subscribe to comments