Skip to content

4 de março de 2011

Dicas de leitura sobre Composição e Iluminação

O que define uma fotografia forte? São as cores, a iluminação, a composição? Ou seria o enquadramento? Embora não haja uma fórmula que defina essas variáveis, há uma premissa básica para alcançar o sucesso em qualquer tipo de atividade: adquirir conhecimento e então exercitá-los às exaustão. Sabendo disso, o coordenador do Curso de Fotografia da ESPM-RS, Manuel da Costa, indicou dois livros da série Fotografia Básica, do fotógrafo e professor David Prakel. Ela é formada por sete volumes que abordam temas como pós-produção, Impressão e finalização e Exposição. Por enquanto, apenas o primeiro e o segundo livros foram traduzidos para o português. É sobre eles que falaremos hoje.

Fotografia Básia 1 – Composição

O primeiro volume aborda as técnicas necessárias para elaborar uma boa composição fotográfica. Em capítulos específicos, o livro usa imagens clássicas de mestres da fotografia para ilustrar os exemplos, abordando diferentes fundamentos fotográficos. Estão presentes a regra dos terços, perspectiva (exemplificado com registros idênticos utilizando lentes com diferentes distâncias focais) isometria dinâmica (utilizada para organizar o foco de interesse em uma composição), além de conceitos sobre o formato e o uso das linhas. Prakel também aborda assuntos como textura, conceitos sobre tonalidade e como devemos trabalhar com fotografia em cores e em P&B.

“(…) as chamadas regras da composição fotográfica são (…) inválidas, irrelevantes, imateriais (…) Não existem regras de composição na fotografia, apenas bons fotógrafos.”
Ansel Adams (fotógrafo de paisagem)

Fotografia Básica 2 – Iluminação

A segunda sugestão deste post aborda as diferentes formas de iluminação e os equipamentos necessários para produzi-las. Tópicos como teoria básica da luz, luz natural, luz disponível e luz produzida são divididos em subcapítulos que ampliam o leque de informações. Assim,  assuntos como pinhole, espectro eletromagnético e utilização de filtros  aparecem bem exemplificados e com fotos comparativas, para uma melhor percepção do fotógrafo iniciante.
Há também explicações sobre equilíbrio do branco, exposição (com uma tabela de valores de exposição) e fotômetro. O livro traz ainda uma seção sobre a iluminação em estúdio, com uma lista de equipamentos e suas funções. Ao final, um glossário com termos técnicos em inglês e português ajudam a situar o leitor.

“Luz disponível é qualquer droga de luz que esteja disponível!”
W. Eugene Smith (fotógrafo documentarista social)

Vale ressaltar que as duas edições apresentam diagramação limpa e agradável, valorizando a fotografia. A linguagem é direta e rica em informações úteis, apresentando exemplos de como colocar os conceitos abordados em prática. Além disso, as demonstrações são complementadas por diagramas que abordam conceitos técnicos.

Share your thoughts, post a comment.

(required)
(required)

Note: HTML is allowed. Your email address will never be published.

Subscribe to comments