Skip to content

Posts from the ‘Fotografia Publicitária’ Category

21
dez

Carine Wallauer: fotografia para encontrar-se

Retrato de Carine


Carine Wallauer é uma fotógrafa que vem conseguindo destaque nacional e internacional, já tendo participado de exposições coletivas no Brasil, Canadá, Turquia e Estados Unidos. Formada em Comunicação Social, produz um trabalho autoral e artístico. Atualmente, é fotógrafa no UOL online.

Sua primeira exposição individual, chamada Visões Elevadas de Eros, foi em Porto Alegre, no ano de 2013. De acordo com fotógrafa, “foi um trabalho que nasceu de forma orgânica”. Em entrevista ao blog do Centro de Fotografia da ESPM, Carine diz que, nele, contou muito o modo como sentia a vida. Na época, tinha 20 anos, e estava vivendo tantas coisas pela primeira vez, se relacionando com o mundo.

Carine Wallauer
 

O impulso para a série de fotos se transformar em um projeto foi o financiamento coletivo chamado É Preciso Arrumar a Casa. Carine e mais cinco amigos se juntaram para financiar seus primeiros fotolivros. Assim, no ano seguinte à publicação, foi indicada a artista revelação no Prêmio Açorianos de Artes Plásticas.

Carine Wallauer

Em 2015, lançou seu segundo fotolivro, O Vazio É um Espelho, e, por este trabalho, recebeu menção honrosa no Paraty em Foco. Ainda teve sua segunda exposição individual na Galeria Lunara da Usina do Gasômetro em 2016. No mesmo ano, lançou uma segunda edição do trabalho em parceria com a Azulejo, com eventos de lançamento na SP Arte Foto (Brasil) e no Paris Photo (França).

Carine Wallauer

Além da fotografia, Carine trabalhou em dois curtas-metragens, lançados em 2016: O último dia antes de Zanzibar (Avante Filmes) e Temporal (Asamayama Filmes). Pelo segundo, recebeu o prêmio de melhor direção de fotografia no Festival de Cinema de Gramado e na Mostra SESC Curtas em 2017 e foi indicada ao Prêmio ABC, entregue pela Associação Brasileira de Cinematografia. Carine afirma que, como é diretora de fotografia nas produções, a forma como se expressa na fotografia still conversa muito com o modo que ela constrói narrativas audiovisuais.

Ela revela que algo maravilhoso de sua profissão é “a constante oportunidade de conhecer pessoas e lugares e, nessas trocas, me envolver cada vez mais profundamente comigo mesma.”

Conheça outros trabalhos da Carine Wallauer:

Carine Wallauer para empresa Vans.
 
Carine Wallauer para empresa gaúcha Insecta Shoes
 
 
Carine Wallauer para empresa gaúcha Insecta Shoes
 
Redigido por Júlia Berrutti
Hub – ESPM-Sul
30
nov

A fotografia vertical e reflexiva de Nana Moraes

 

Com mais de mil capas de revistas e editoriais, Nana Moraes, 55 anos, tem a sua fotografia voltada para ensaios de moda e beleza. Embora seja formada em jornalismo pela PUC de São Paulo, exerce a profissão de fotógrafa há 29 anos para os mercados editoriais, culturais e publicitários.

Foto: Nana Moraes

Foto: Nana Moraes

Foto: Nana Moraes

Seis vezes vencedora do Prêmio Abril de Jornalismo, Nana participou de várias exposições coletivas, tendo destaque em A Imagem do Som da MPB, em 2006; A Imagem do Som do Samba, em 2008 e Eternal Feminine Plural, na International Labor Organization, em 2011.

Ela crê que pode ajudar as pessoas a refletirem por meio da sua arte. Por motivos como esse, ela está realizando um projeto pessoal com fotografias de pessoas marginalizadas. Publicou o livro “Andorinhas”, o qual reúne imagens e relatos de cinco garotas de programa. “Acredito que o bom retrato é aquele que expressa o Outro. Meu processo de trabalho é sempre vertical. Costumo estudar, pesquisar ou me atualizar, sempre com a preocupação de propor caminhos para revelar a personalidade de quem será fotografado”, contou a fotógrafa, em entrevista a Medium Corporation. Este projeto também foi exposto na Casa de Cultura de Paraty no Festival Paraty em Foco, no ano de 2017.

Foto: Nana Moraes

Foto: Nana Moraes

Redigido por Giovanna Sommariva
Hub ESPM-Sul

12
out

McNally: O Mágico de Oz

Retrato de McNally

 

Joe McNally é conhecido por sua criatividade e por sua capacidade de transformá-la em fotografias impressionantes. Seu cuidado com a técnica, como iluminação e composição, fica evidente em suas produções. Com trabalhos em quase 70 países, o fotógrafo conseguiu unir o mundo da publicidade com o do fotojornalismo.

 

Foto: Joe Mcnally

Ao longo de sua carreira, trabalhou com empresas como FedEx, Sony, ESPN, Adidas, General Electric e Epson. Além disso, fotografou para capas da National Geographic, LIFE e Sports Illustrated. Segundo o artista, seu grande diferencial é sua habilidade de pesquisa.

Foto: Joe Mcnally

Ganhou o primeiro Prêmio Alfred Eisenstaedt de Impacto Jornalístico pela cobertura da LIFE intitulada “Panorama da Guerra”.

Foto: Joe Mcnally

“Essa sessão, na verdade, foi uma história posterior. Eu busquei retratar, em zonas pós-guerra, a varredura da destruição. As consequências do conflito para as pessoas e lugares. O dano em toda a sua largura”, declara o artista.

Redigido por Luis Henrique Cunha
Hub ESPM-Sul