Skip to content

Archive for novembro, 2014

14
nov

Leitura de trabalhos conclui Curso Anual de Fotografia de 2014

Os alunos do Curso Anual de Fotografia da ESPM-Sul concluíram nesta quinta-feira, 13 de novembro, a formação iniciada em março e desenvolvida ao longo de 2014 nos Módulos Básico e Avançado. O grupo teve a oportunidade de apresentar seus trabalhos aos professores Claudio Meneghetti, Clovis Dariano e Eduardo Veras, em um formato de leituras individuais com cada um dos convidados.

Foto: Daniel Hunter.

“Fiquei muito satisfeito com os resultados, o nível da turma está ótimo. Muitos trabalhos saem daqui prontos para serem expostos”, diz Dariano. Veras destaca a resolução formal e técnica dos projetos, bem como a coerência entre as intenções dos alunos e as imagens apresentadas. “Percebi uma homogeneidade nesse sentido, ao mesmo tempo que vi propostas muito variadas”, conta.

A experiência, similar a uma leitura de portfólios, cada vez mais frequente em festivais e mostras de fotografia, possibilita um momento de aprendizado muito particular. “Você passa a aproveitar cada leitura, construindo uma visão sobre as imagens a partir dos olhares de quem comenta os trabalhos”, explica Meneghetti.

Foto: Daniel Hunter.

“Não fosse a troca de ideias ao longo do curso, o trabalho final não sairia. Muito do que eu trouxe hoje vem das referências apresentadas nas aulas”, conta a aluna Carolina Mascia. Já Arthur Crespo ressalta a transformação do entendimento que tinha da fotografia ao ingressar no curso. “O mais importante é a abertura de perspectivas, uma nova visão da fotografia, e não só do fotografar”, diz.

Foto: Carlos Ferrari.

12
nov

Entre a noite e o dia, por Bob Avakian

Retrato de Bob Avakian.

Os momentos que antecedem o amanhecer fascinam o fotógrafo norte-americano Bob Avakian. Vivendo em Martha’s Vineyard, uma ilha na costa nordeste dos Estados Unidos, ele sai de casa à noite para encontrar uma luz bastante específica no ensaio Between Night and Day [Entre a noite e o dia].

Foto: Bob Avakian.

Foto: Bob Avakian.

“Há sempre um elemento de surpresa no meu trabalho. Quando estou na rua, posso ter momentos difíceis enquanto componho o plano e ajusto o foco da câmera. Somente quando retorno ao computador descubro o que realmente estava fotografando”, explica.

Foto: Bob Avakian.

Foto: Bob Avakian.

O tempo de exposição das imagens varia de 30 segundos a oito minutos. Toda essa dedicação em relação à fotografia é relativamente recente: nas últimas três décadas, Bob trabalhou na construção civil e limitava-se a fotografar amigos, familiares e projetos da sua atuação profissional. Nos últimos anos, Bob passou a se envolver mais intensamente com a fotografia e já recebeu uma série de prêmios.

Foto: Bob Avakian.

Foto: Bob Avakian.

“Gosto de pensar minha câmera como um espelho de mão dupla que permite enxergar meu entorno ao mesmo tempo em que me torno mais consciente de mim mesmo”, conta Bob. “Quando fotografo, de madrugada, todas as preocupações desaparecem e a minha noção de tempo se dissolve. Uma consciência mais elevada toma conta e dirige minha atenção para o desafio de revelar a quietude e solidão que experimento”, completa.

Foto: Bob Avakian.

Foto: Bob Avakian.

7
nov

Idealizações do Norte, de Birthe Piontek

Retrato de Birthe Piontek.

“Em 2008 passei três meses em Yukon, uma pequena comunidade no Canadá, onde experimentei em primeira mão o mistério e o fascínio da vida acima do paralelo 60. Encontrei pessoas que foram em busca da sua ideia do Norte.” O relato da fotógrafa alemã Birthe Piontek traz o título da série que apresentamos neste post. Em The Idea of North, ela apresenta os personagens e o cotidiano de uma das regiões de menor densidade demográfica do planeta.

Foto: Birthe Piontek.

Foto: Birthe Piontek.

“Às vezes a busca pela identidade leva as pessoas a deixar o caminho mais convencional e as coloca nas estradas menos conhecidas. Para elas, a busca do autoconhecimento se torna uma jornada no sentido mais amplo do termo”, conta a fotógrafa.

Foto: Birthe Piontek.

Foto: Birthe Piontek.

Birthe interessa-se pelas trajetórias de pessoas que, em busca de isolamento, revelam uma tentativa de se diferenciar, ao mesmo tempo em que procuram alguma forma de pertencimento.

Foto: Birthe Piontek.

Foto: Birthe Piontek.

“O ritmo acelerado da vida anônima nos ambientes urbanos muitas vezes não oferece tempo nem espaço para o processo de individuação, tampouco o lugar confortável necessário para o pertencimento. Para alguns, portanto, o sentido de liberdade e interdependência intrínseco a uma comunidade do Norte faz dela um símbolo idealizado da Terra Prometida”, comenta a fotógrafa.

Foto: Birthe Piontek.

Foto: Birthe Piontek.

Além da fotografia, Birthe produz instalações e esculturas, também investigando no uso dessas linguagens questões relacionadas ao retrato e à identidade. Seu trabalho já foi exibido internacionalmente em exposições individuais e coletivas e faz parte de coleções como as do Museum of Contemporary Photography de Chicago e o Museu de Artes Aplicadas de Gera (Alemanha).

Foto: Birthe Piontek.

Foto: Birthe Piontek.

O projeto The Idea of North venceu o Critical Mass Book Award 2009 e foi publicado em 2011. Este e outros ensaios já foram publicados em periódicos como The New York Times Magazine, Le Monde, Wired e The New Yorker.

Foto: Birthe Piontek.

Foto: Birthe Piontek.