Skip to content

Archive for fevereiro, 2014

26
fev

Patrick Zachmann, um fotógrafo de método errante

Retrato de Patrick Zachmann

Já mostramos aqui um pouco do trabalho de Patrick Zachmann, fotógrafo parisiense que se dedica a projetos de longo prazo sobre identidade cultural, memória, e imigração. Em 40 anos de carreira – mais de 20 deles como membro da Magnum –, trabalha de forma itinerante, sempre com senso agudo de reportagem e envolvimento profundo com os personagens que retrata. Em sua ânsia quase obsessiva por registrar o que vê, característica que o próprio atribui a sua falta de memória, cria imagens que mostram o mundo sob uma perspectiva curiosa e desconcertante. As imagens presentes neste post são um exemplo do ângulo inusitado com que registra as coisas, e fazem parte de um ensaio feito em 2002 intitulado Southeast Asia by train (Sudoeste da Ásia de trem). Para fazê-lo, Zachman subia em qualquer trem disponível, atravessando a Birmânia, a Tailândia o Camboja e o Vietnã.

Foto: Patrick Zachmann

Foto: Patrick Zachmann

Foto: Patrick Zachmann

Foto: Patrick Zachmann

Foto: Patrick Zachmann

Foto: Patrick Zachmann

Foto: Patrick Zachmann

Foto: Patrick Zachmann

Foto: Patrick Zachmann

Foto: Patrick Zachmann

21
fev

Maurizio Pignotti, um fotógrafo obcecado pelo céu

Retrato de Maurizio Pignotti

Maurizio Pignotti se define como um fotógrafo de paisagens apaixonado pela noite. Nascido e residente na Itália, mais precisamente em Civitanova Marche, busca ver as paisagens naturais com um olhar diferente do habitual, fundido sua visão artística das coisas com os contornos da realidade, sempre em movimento. Na tentativa de criar uma alquimia entre sua câmera e o mundo que o rodeia, faz registros que traduzem sua visão particular da noite e seus mistérios.

Foto: Maurizio Pignotti

Foto: Maurizio Pignotti

Foto: Maurizio Pignotti

Aos 46 anos, Pignotti passa a maioria de suas noites ao ar livre, sob temperaturas congelantes e, algumas vezes, tentando escapar de lobos. Ainda que os parques e reservas italianos sejam os favoritos, muitas de suas fotos de céus noturnos foram feitas no Canadá, sempre com lentes grande angulares. O tempo de exposição vai de 20 segundos a  duas horas, de acordo com o próprio.

Foto: Maurizio Pignotti

Foto: Maurizio Pignotti

Foto: Maurizio Pignotti

Pignotti afirma ser apaixonado pelo universo e os mistérios da noite. “Quando criança, era um grande fã de astronomia, e fiz minhas primeiras fotos com um telescópio newtoniano”, relembra. Para ele, suas  longas jornadas observando e registrando o movimento as estrelas são como uma fuga terapêutica do mundo real, e as imagens que cria são frutos de uma sucessão de experiências repletas de falhas. Com a prática, desenvolveu uma técnica própria que o dá cada vez mais liberdade para criar.

Foto: Maurizio Pignotti

Foto: Maurizio Pignotti

19
fev

Imagem de imigrantes buscando sinal de celular é a grande vencedora do World Press Photo

A imagem vencedora do World Press Photo 2014 (Foto: John Stanmeyer/VII for National Geographic/AP)

Fundado em 1955, em Amsterdã, o World Press Photo é o mais importante prêmio de fotojornalismo do mundo, e, não por acaso, as imagens que elege como as mais importantes do ano revelam bastante sobre o nosso tempo. Assinada por John Stanmeyer, vinculado à National Geographic e AP, a foto de imigrantes africanos com telefones celulares estendidos para o céu em uma praia de Dibuti ganhou o primeiro lugar na edição deste ano. Iluminado unicamente pela luz das telas e da lua, o registro foi feito em fevereiro de 2013, em um ponto considerado de trânsito para imigrantes vindos de lugares como Somália, Etiópia e Eritréia, que rumam à Europa e ao Oriente Médio.

Este ano, o júri elegeu 53 fotógrafos de 25 nacionalidades em 9 categorias. Confira mais algumas imagens premiadas.

Premiada na categoria 'Spot News Stories', a imagem é do sérvio Goran Tomasevic, da Reuters, e mostra rebeldes sírios se escondendo em meio a estilhaços de um ataque (Foto: Goran Tomasevic/Reuters/AP)

Em reportagem para a Getty Images, o fotógrafo Brent Stirton, da África do Sul, mostra um grupo de albinos fotografados em sala de aula em Bengala Ocidental, Índia (Foto: Brent Stirton/Getty Images/AP)

O 1 º prêmio na categoria 'General News Single' foi para Alessandro Penso da OnOff Imagem, feita em um centro de emergência de refugiados na Bulgária. (Foto: Alessandro Penso/OnOff Picture/AP)

O 1 º prêmio na categoria 'Nature Stories' foi para Steve Winter. Na foto uma puma caminha em uma trilha em parque de Los Angeles. (Foto: Steve Winter/National Geographic/AP)

Foto: Jeff Pachoud

Foto: Tyler Hicks

Foto: Emiliano Lasalvia

Foto: Christopher Vanegas

Foto: Sara Naomi Lewkowicz

Foto: William Daniels

Foto: Julius Schrank