Skip to content

Archive for novembro, 2010

25
nov

Informações sobre o Curso de Fotografia

Foto: Juliano Araujo

O Curso de Fotografia da Escola de Criação da ESPM-RS vem preencher uma lacuna em Porto Alegre. Pensado para o fotógrafo iniciante que busca uma formação avançada, o curso é completo, denso e montado a partir de uma visão inovadora. O ensino foca não somente a técnica e a teoria, mas a experiência prática, que estará presente ao longo de todo o curso. Ao mesmo tempo em que explora as múltiplas aplicações da fotografia, cada aluno será estimulado a imprimir a sua marca pessoal em tudo o que produzir. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas através deste site (menu superior, opção: INSCRIÇÕES).

Fotos: Eduardo Biermann e Juliano Araujo

O Curso de Fotografia não surgiu do nada. Ele veio tomar o lugar do Curso Avançado de Fotografia Digital da Escola de Criação. Algumas disciplinas avançadas serão revigoradas no novo curso e os conteúdos de base, visando à uma formação sólida, entram em peso no currículo. A carga horária é maior para garantir mais do que um aperfeiçoamento: uma efetiva capacitação e formação avançada. O projeto pedagógico, no entanto, é inteiramente original.

Informações adicionais

Tamanho das turmas: 25 alunos

Carga Horária: 222 horas (distribuídas em 64 encontros de 3 hrs 30 min)

Datas de início e término das aulas:
Turma A – 15 de março a 8 de novembro de 2011
Turma B – 19 de março a 19 de novembro de 2011

Horário:
Turma A – 3ª e 5ª das 14h às 17h30
Turma B – sábado das 9h às 12h30 e das 13h30 às 17h

Pré-requisitos:

Conhecimentos básicos de informática (ambiente Windows) e fotografia, ou seja, ser capaz de reconhecer os comandos da câmera e operá-la em modo manual. Entender os conceitos mais essenciais da linguagem fotográfica como o foco, a perspectiva, o enquadramento.
Quem não está seguro de possuir esses conhecimentos está convidado para o curso gratuito de nivelmanto de 18hs com o Prof. Guilherme Lund, que é oferecido em duas edições:

1ª edição: de 24 a 28 de Janeiro de 2011, das 19h às 22h30
2ª edição: de 14 a 18 de Março de 2011, das 19h às 22h30

Mais informações pelo fone: (51) 3218-1340, ou pelo e-mail:  centalinfo-rs@espm.br

25
nov

Professor participa de site pioneiro de venda de fotos

Lançado nesta semana, o site FotoSpot surge com uma proposta pioneira no Brasil: reunir em um ambiente online a nata da fotografia brasileira e comercializar trabalhos de qualidade museológica para colecionadores e amantes da arte. O professor do Curso de Fotografia Leopoldo Plentz integra o time de luxo do site, ao lado de outros 26 artistas consagrados, como Araquém Alcântara e Bob Wolfenson. Algumas das obras à venda poderão ser vistas na exposição “Panorama da Fotografia Contemporânea Brasileira” em cartaz até 20 de dezembro na Galeria Estação, em São Paulo.

“Todos os fotógrafos têm reconhecimento e se dedicam a um trabalho autoral, é fotografia ‘fine- art’ com atestado de durabilidade”, define Plentz. No momento, o portal possui um acervo inicial de 160 fotografias exclusivas (não podem ser vendidas em nenhum outro lugar), oito por autor. Cada uma tem qualidade de galeria mas, devido a tiragens  maiores, pode ter o custo reduzido. O cliente também pode escolher o tamanho da obra.

Segundo o curador da exposição, Eder Chiodetto, o site surge em um momento no qual o colecionismo de fotografia cresce no Brasil. Plentz também acredita que há um mercado expressivo: “O grupo de pessoas que eu imagino tem um perfil jovem – faixa dos 30 anos –, está montando apartamento e quer colocar algo na parede, mas uma galeria de arte é inacessível”.

A pedido do Curso de Fotografia da ESPM, Leopoldo Plentz comentou três fotografias suas à venda no site:

Gnomos, 1997. Foto: Leopoldo Plentz

“Usei câmera 6×6, como na maioria das fotos que eu faço. Esta foi feita em Cabo Polônio, no litoral do Uruguai: um lugar singular, hippie, onde não tem energia elétrica e carros comuns não chegam. Lá as edificações são muito curiosas e esta foto foi feita em uma delas. A madeira de compensado forma figuras com o tempo, e essa me chamou a atenção pelas figuras fantasmagóricas. Faz parte de algo que eu busco nas fotografias que é a imagem dentro da imagem, tenho uma série bem grande de fotos na qual isso é recorrente. ”

Homenagem a Álvaro Siza, 2001. Foto: Leopoldo Plentz

“Feita em Lisboa, Portugal. Eu acho que a foto é interessante, mas também quis homenagear Álvaro Siza. É um detalhe de uma obra maravilhosa dele construída para a Expo’98. Tem uma particularidade que não aparece na fotografia, mas vista de perfil parece duas caixas enormes, duas torres ligadas por algo que parece um tecido de concreto flutuando no ar.”

Grande Arco, Paris, 2001. Foto: Leopoldo Plentz

“É o Grande Arco de Paris (o novo e não o antigo Arco do Triunfo), no bairro La Défense. Tem uma característica em comum com a foto feita em Lisboa: a questão da escala humana. Aqui também aparece uma figurinha humana bem pequena. As formas que aparecem são esculturas na escadaria do arco. Eu usei uma teleobjetiva, por isso os planos estão um pouco achatados e o caráter é um pouco abstrato.”